top of page
  • Foto do escritorMARIANA VIEIRA

Como reduzir erros de administração de medicamentos em Uti neonatal?

Por: Mariana Vieira


A UTI Neonatal é destinada aos recém-nascidos de alto risco, que necessitam de cuidados por 24 horas diárias, pois são totalmente dependentes. A imaturidade fisiológica, baixo peso, pequena área de superfície corporal e a barreira de comunicação entre o paciente e o profissional da enfermagem, aumentam a exposição de erros na administração de medicação. Nesse artigo, veremos como realizar a prevenção de erros de medicação em UTI Neonatal.


Fonte: Canva


Um erro de medicação configura qualquer evento evitável que pode causar ou levar a um uso inadequado de medicação, ou a um dano ao paciente. Por isso, torna-se imprescindível que a equipe de enfermagem adote medidas estratégicas e padronizadas, que possibilitem a prevenção de erros.


O processo de administração de uma medicação envolve várias etapas, portanto, o erro pode acontecer em qualquer uma delas e não somente no ato da administração no paciente. O erro de medicação não é exclusiva do profissional da enfermagem, qualquer profissional envolvido no processo, pode cometer algum erro.


A Joint Comission Internacional (JCI) definiu 5 etapas essenciais para a gestão segura de medicamentos:

- Seleção e obtenção do medicamento (equipe multidisciplinar);

- Prescrição (médicos);

- Preparação e administração (enfermagem);

- Monitoração (médico e enfermeiro);


Fatores que contribuem para a ocorrência de erros de medicação:

- Falta de comunicação (verbal ou escrita);

- Rotulagem errada ou confusa;

- Embalagens semelhantes;

- Iluminação inadequada;

- Barulho no local da preparação da medicação;

- Inexperiência profissional;

- Interrupções e distrações frequentes;


Erros de medicação em Uti Neonatal

O período neonatal é considerado entre o nascimento do RN até seus 28 dias de vida. Um RN prematuro é aquele que nasce antes do termo, ou seja, antes de 37 semanas. O RN de risco, é aquele com maior probabilidade de morbidade e/ou mortalidade independente da idade gestacional. O RN com idade gestacional menor que 30 semanas e com peso menor que 1.500g está mais propenso à eventos adversos relacionado à medicação, pois são pacientes instáveis, levando o profissional de saúde ter mais atenção quanto a capacidade de absorção, metabolização e excreção de medicamentos.


Devido à extrema fragilidade de um RN de risco, o ambiente da UTI Neonatal é altamente complexo, que engloba uso de tecnologias avançadas e que exige conhecimento técnico-científico dos profissionais que ali atuam, pois um erro de medicação nessa clientela, pode acarretar um acontecimento grave devido à imaturidade fisiológica em razão do desenvolvimento das funções renais e hepáticas.


Estratégias para prevenção de erro relacionado à medicação:

  • Padronização da prescrição médica (sem abreviaturas);

  • Utilização de sistemas informativos para prescrição e administração de medicamentos com código de barras;

  • Elaboração de programas de prescrição terapêutica com sistema de segurança para doses tóxicas;

  • Uniformização da organização dos medicamentos nos carros de urgência;

  • Dupla verificação (dois profissionais verificam a medicação)

  • Utilização dos 9 certos de administração de medicação (paciente, medicação. dose, via de administração, hora, tempo, validade, educação e registro certo)

  • Presença de farmacêuticos hospitalares, como profissionais essenciais na detecção precoce do erro;

  • Envolvimento da família nos cuidados;

  • Implementação de sistemas de notificação de erros;

A notificação de incidentes permite a elaboração de relatórios e mudança de comportamentos, garantindo a melhoria dos cuidados ao paciente. A ocorrência de erros deve ser vista como uma falha no processo e não uma falha pessoal, assim torna-se essencial uma abordagem de minimização da ocorrência. O enfermeiro deverá manter junto da equipe uma comunicação aberta, para aplicação de melhores práticas e transparência com relação aos erros ocorridos.


Se esse artigo te ajudou, te convido à conhecer o ProEnf, Programa de Atualizaçãõ de Enfermagem da Secad Artmed, que têm me mantido atualizada após a graduação de enfermagem. O meu ProENF é de Enfermagem em Saúde Materno-Neonatal e todo conteúdo desse post foi extraído do meu livro. Se você quiser saber mais sobre o ProEnf, leia meu post que deixa tudo explicadinho:



Use meu cupom de desconto ENFPORMARI e adquira HOJE seu programa de atualização:



 

Referência Bibliográfica:

Gaio S; Gaio S; Lourenço M; Nunes E. Prevenção do erro de administração de medicação ao recém-nascido internado na UTIN. Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras. Morais SCRV, Souza KV, Duarte ED, organizadores PROENF Programa de atualização em enfermagem: saúde materna-neonatal: Ciclo 13. Porto Alegre. Artmed Panamericana. 2022.




22 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page